GEPOM

por luan.matias — publicado 08/05/2018 18h28, última modificação 08/05/2018 18h29

Em 30/11/2011, dois acadêmicos do Curso de Mestrado em Direito, GISELE LAUS DA SILVA PEREIRA LIMA e LUCIANO PEREIRA VIEIRA apresentaram abaixo a proposta que visa a implantação de projetos de ensino e pesquisa integrados com o curso de graduação em Direito, os quais denominaram-se “Grupo de Ensino, Pesquisa e Orientação entre Mestrado e Graduação – GEPOM”.

Sempre objetivando o crescimento e desenvolvimento com qualidade do Curso de Pós-Graduação em Direito Stricto Sensu, o GEPOM, além do forte envolvimento de seus discentes e a ampliação do debate sobre suas linhas de pesquisas e dentro dos critérios da CAPES, contribui significativamente  para a  melhoria da avaliação quadrienal encetada pela CAPES, pois proporciona aos alunos da graduação a possibilidade de aprofundamento e aprimoramento de seus estudos em temas já paralelamente abordados em sua grade curricular, como também serve como meio de inserção desses acadêmicos no campo da pesquisa científica e crítica, como que num convite à formação de futuros ingressantes na pós-graduação stricto sensu, notadamente da própria UNIMEP.

Permite que os Mestrandos que se inscrevem nesses projetos, possam se valer dos encontros e seminários a serem desenvolvidos para o amadurecimento de suas dissertações e para a experimentação de metodologias de ensino, tal qual ocorre em Estágios de Docência.

 Além disso, a afirmação do GEPOM assegura ao Curso de Mestrado, a possibilidade de acesso aos Programas de Estudos Tutoriais (PET). Trata-se de um programa acadêmico direcionado a alunos da graduação, vinculado a Secretaria de Educação Superior (SESU) e ao Ministério de Educação e Cultura (MEC) com bolsas para os professores e alunos envolvidos, além de recursos financeiros para a Universidade, para aplicar no desenvolvimento de pesquisa.

Em síntese, os Projetos de Ensino e Pesquisa possuem as seguintes características básicas:

  1. são temáticos, de acordo com o projeto de dissertação do Mestrando, sempre relacionados com as linhas de pesquisa do Mestrado;
  1. são formalmente coordenados pelo Professor Orientador dos respectivos Mestrandos, a quem devem dirigir relatórios finais do Projeto;
  1. os encontros/seminários são organizados e dirigidos pelo Mestrando responsável, inclusive quanto à indicação dos textos básicos de leitura, avaliação dos participantes e elaboração de relatório final;

Essa metodologia integrativa é também de grande importância para o fortalecimento e consolidação do Mestrado em Direito da UNIMEP. Afinal, é cediço que, dentre outros elementos, a integração de docentes e discentes do Mestrado com o curso de Graduação é um item importante tanto para uns quanto para outros pois lhes permitem trocas de experiência e aprendizado que ficariam muito restritos se fossem vivenciados apenas em salas de aula.

O GEPOM, tal como proposto, é de extrema valia num contexto transdisciplinar, mediante a abertura para Acadêmicos de outros cursos da graduação e da pós-graduação da UNIMEP (lato e stricto sensu) que tenham estreita relação com a linha de pesquisa do Mestrado em Direito (v.g., Filosofia, História, Ciências Econômicas, Negócios e Relações Internacionais), bem como para a comunidade externa, o que permite abrir novas frentes de atuação, inclusive como Projeto de Extensão além de ampliar a repercussão e inserção social dentro dos critérios da CAPES, pois os debates advindos dos GEPOM’s fomentam e permitem a organização de oficinas e simpósios.

Os resultados obtidos são imediatos.

 

DINÂMICA E EXECUÇÃO DO PROJETO GEPOM

TEMAS: Todos dentro da temática das áreas de concentração do mestrado e principalmente da linha de pesquisa dos discentes. Os discentes sugerem os temas e textos-base para os encontros.

ORGANIZAÇÃO: Individualmente ou em grupos, alunos do Curso de Mestrado em Direito apresentarão à Secretaria do Curso a proposta para os encontros/seminários, especificando temas, quantidade de vagas para alunos da graduação, objetivos, cronograma e bibliografia básica. Junto a Secretaria do Curso terão acesso à relação aluno/orientador para maior agilidade, bem como informação quanto à disponibilidade de salas e horários.

ENCONTROS: 1. Preferencialmente, semanais de até duas horas/aula. 2. Sala de aula a ser definida pela Instituição. 3. Preferência para horário próximo à aula noturna para viabilizar maior acesso de alunos da graduação, ou no espaço de grade, conforme a viabilidade apresentada pela Coordenação da Graduação.

PARTICIPAÇÃO: 1. Presença de dois alunos do Mestrado preferencialmente do mesmo orientador ou, na inviabilidade, do mesmo grupo e linha de pesquisa.  2. Presença controlada dos alunos da graduação através da assinatura em folha, indicando o R.A. 3. Apresentação de relatório de participação pelos alunos do Mestrado, com assinatura do docente orientador respectivo e entrega na Secretaria de Coordenação do Curso de Mestrado para controle de efetividade da ação.

AÇÃO DE DIVULGAÇÃO: 1. Mediante autorização, reunião com os coordenadores dos cursos de graduação e das áreas para divulgação. 2. Autorização para visitas em sala de aula para convidar os alunos da graduação - uma vez por mês. 3. Cartazes nas salas e corredores. 4. Divulgação por site, e-mail ou na UNIMEP online dos alunos da graduação. 5. Visibilidade técnica com a criação de uma página (ou link) no site do Mestrado da UNIMEP para divulgar as ações, atividades e produção.

OBJETIVOS: 1. A integração das atividades de ensino, pesquisa e de extensão. 2. Estimular o desenvolvimento de pesquisas nas áreas de concentração do Mestrado, preparando novos interessados apresentando e detalhando-as. 3. Desenvolver instrumental teórico para uma maior aproximação entre os cursos e linhas de pesquisa do Mestrado. 4. Colaborar na orientação metodológica das pesquisas do trabalho de conclusão de curso. 5. Aprofundamento em temas específicos sempre ligados a área de concentração do Mestrado. 6. A complementação da formação dos alunos do mestrado, de prática acadêmica junto à equipe dos docentes do programa, inclusive de alunos egressos. 7. Ampliar a qualidade de ensino e da pesquisa em direito, apresentando o cenário de expansão de oferta e acessibilidade às profissões jurídicas.

REPERCUSSÕES: 1. Ampliar a pesquisa e o contato entre os estudantes da Pós-graduação Stricto Sensu e da Graduação, aproximando concretamente suas dinâmicas de investigação e desenvolvendo resultados integrados com os docentes. 2. Atuar junto a sociedade civil por meio de projetos de extensão no campo das áreas de Concentração do Mestrado 2. Estabelecer relacionamentos com outros grupos de pesquisa. 3. Divulgar a produção do grupo.  4. Promoção de eventos científicos, com organização de eventos da área de concentração no âmbito nacional, regional e internacional.

AVALIAÇÕES: 1. Do aluno da Pós-graduação Stricto Sensu: avaliação do relatório final; 2. Do aluno da Graduação: a critério do Professor Coordenador ou do Mestrando responsável, pela entrega de artigo científico ou pela entrega de questionários respondidos sobre os temas abordados nos encontros/seminários.

ESTÍMULO À GRADUAÇÃOAlém do aprimoramento intelectual, o aluno da graduação receberá um certificado o qual poderá ser apresentado para o Curso de graduação, a fim de pontuar para as Atividades Complementares.