Você está aqui: Página Inicial / Unimep participa de iniciativa do MEC para pacto universitário de Educação em Direitos Humanos

Unimep participa de iniciativa do MEC para pacto universitário de Educação em Direitos Humanos

por marsanta publicado 02/12/2017 00h00, última modificação 07/12/2017 18h53
A Unimep é uma das universidades participantes do Pacto Universitário de Educação em Direitos Humanos do MEC. Ao longo de dois anos, serão implantadas ações em distintos eixos para construção da cultura da paz e respeito à diversidade.

 Ao longo dos próximos dois anos, alunos, professores e funcionários da Unimep poderão acompanhar iniciativas distintas nos eixos de ensino, pesquisa e extensão da universidade, bem como na gestão e na convivência universitária e comunitária. As ações serão os primeiros resultados da participação da Unimep no Pacto Universitário de Educação em Direitos Humanos.

O pacto é uma iniciativa conjunta do MEC (Ministério da Educação) e da Secretaria Especial de Direitos Humanos/MJC para a construção da cultura da paz e do respeito à diversidade nas instituições de educação superior (IES) e Rede Profissional e Tecnológica. Na Unimep, a parceria está vinculada à Coordenadoria de Extensão e Assuntos Comunitários. A proposta do pacto é o objetivo superar a violência, o preconceito e a discriminação, e promover atividades educativas de promoção e defesa dos direitos humanos nas IES.

COMITÊ GESTOR                      

O primeiro passo após a formalização da parceria da Unimep no Pacto, foi a criação do Comitê Gestor, formado por docentes de distintas faculdades da universidade. Com a coordenação do prof. Josué Lazier, Coordenador de Extensão e Assuntos Comunitários, o grupo desenvolveu um plano de trabalho propondo várias ações nos eixos de ensino, pesquisa, extensão, gestão e convivência, a serem implementadas ao longo de dois anos na universidade.

“O Plano foi inserido no sistema e está em fase de monitoramento. Ele estabelece, ao menos duas ações por eixos, e estão em fase de preparação para a implantação. Uma delas é o Núcleo de Estudos e Programas em Educação e Direitos Humanos”, conta Lazier.

As iniciativas propostas e detalhadas no documento elaborado pelo grupo podem ser consultadas aqui.

Dentre os principais resultados dessas práticas para a comunidade acadêmica, Lazier destaca: “a introdução da temática direitos humanos, novas práticas a partir do conhecimento sobre esse tema, a formação e novas aprendizagens a partir dos valores que indicam a dignidade da vida no âmbito dos direitos humanos e direitos fundamentais”.

EQUIPE

O comitê gestor do Pacto Universitário de Educação em Direitos, responsável pela elaboração do plano, bem como pelo acompanhamento e desenvolvimento de outras atividades relacionadas à iniciativa, é formado pelos professores e colaboradores: Fabiola Cristina R. de Oliveira; Fernando Albuquerque Ferreira da Silva; Ione da Silva; Ismael Forte Valentim; Jorge Luis Mialhe; Rodrigo Batista Coelho; Telma Regina de Paula Souza; Anderson dos Santos e Sanete Irani de Andrade. O grupo é coordenado pelo prof. Josué Adam Lazier.

Além de implementar as ações no período de dois anos, Lazier detalha que o grupo também deverá inserir informações sobre as ações desenvolvidas na universidade.

 

Texto: Angela Rodrigues

Edição e coordenação: Celiana Perina 

Fotos: Banco de imagens

Última atualização: 04.12.2017