Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Curso de direito do campus Taquaral da Unimep celebra 50 anos

Curso de direito do campus Taquaral da Unimep celebra 50 anos

por Angela Rodrigues publicado 24/11/2020 05h00, última modificação 24/11/2020 15h06

Quantas conquistas, histórias e memórias cabem em 50 anos? O curso de direito do campus Taquaral que, em 2020, celebra seu cinquentenário reúne centenas, milhares delas.

Além da contribuição com a formação de profissionais que hoje atuam nas mais distintas esferas do direito em instituições locais, estaduais e nacionais, essa trajetória engloba eventos importantes que marcaram a memória de muitos unimepianos. Uma delas foi a palestra de Adolfo Pérez Esquivel, ativista de direitos humanos, contemplado com o prêmio Nobel da Paz de 1980.

A conquista mais recente dessa história é a chegada da primeira mulher à coordenação da graduação. Desde 2019, o curso conta com a professora Renata Helena da Silva Bueno no cargo de coordenadora. É a 1ª vez que uma mulher assume essa função, desde a criação da graduação em 1970.

A atual coordenadora também é unimepiana. Ela fez parte da turma que passou pela Unimep entre os anos de 1988 e 1991 e guarda com carinho muitas lembranças daquele período. “Amei o lugar desde o primeiro dia e as pessoas com as quais convivi. Minha turma composta por pessoas excepcionais, além de professores renomados e funcionários dedicados. O curso de direito da Unimep sempre esteve entre os melhores do país, formando profissionais de grande valor. Aqui também aprendi o real sentido de cidadania e solidariedade”, afirma ela.

Ela conta que a principal contribuição do curso à sua trajetória foi a de ter ampliado o conhecimento sobre o mundo, que possibilitou compreender a missão de não se calar diante da abusividade, da intolerância e de toda forma de discriminação e violência. “O direito é poderoso e esta é a razão pela qual deve ser manejado com responsabilidade. A confessionalidade da Instituição, seus espaços comuns, o contínuo aprimoramento e especialmente o diálogo entre as diferenças também me ensinaram a ser maleável, respeitando opiniões divergentes e aprendendo com elas. Isso se leva para a vida toda”, pontou ela.

Sobre a trajetória de 50 anos do curso que atualmente coordena, ela analisa a história a partir da vocação metodista de primar pela excelência. “Desde a época em que o curso se inicia, há o aprimoramento constante do corpo docente, aliado à invejável estrutura física, ao grande acervo bibliográfico, a inserção das tecnologias, eventos de grande repercussão. Enfim, o curso, embora tradicional, buscou sempre modernizar-se sem perder a essência, sendo reconhecido como um dos melhores do país. Uma linda trajetória que, ao completar 50 anos, está mais ativo que nunca, não se deixando abater pelo cenário imposto, mas criando oportunidades a partir dele”, afirma ela. 

REGRESSO – Renata Bueno destaca que nunca imaginou que passaria a ocupar o cargo de coordenadora algum dia. “Nem nos meus melhores sonhos! Tampouco que seria a primeira mulher a coordenar o curso de direito do campus Taquaral. Uma honra e uma grande responsabilidade”, diz ela.

O retorno à Unimep inicialmente como docente e, após, como coordenadora da graduação, foi um caminho construído. “Sempre soube que queria estar na academia. Dei aulas em cursinho preparatório para o exame da OAB, fiz inúmeros cursos, destacando um aperfeiçoamento no CEA - UNESP, base da escolha da minha área do mestrado (ambiental e urbanístico), ministrei aulas como professora convidada na pós-graduação, prestei concurso público externo para assumir aulas na graduação; assumi inúmeras funções nos colegiados e comissões, fui eleita por maioria entre meus pares para a coordenação da monografia jurídica e indicada à coordenação do curso por meu antecessor, sendo nomeada pela Reitoria”.

Além dessas funções, ela também ministra palestras em instituições públicas e privadas. E, desde fevereiro desse ano, acumula essas atividades também com o cargo de Diretora de Graduação da Universidade. Sobre tantas demandas, ela conta que concilia todas as atividades, com muito esforço.

“O curso de direito da Unimep afortunadamente sempre esteve em boas mãos e especialmente sempre pôde contar com colaboradores de primeira grandeza, desde os ligados diretamente à secretaria do curso e do NPJ - Núcleo de Prática Jurídica até e não menos importante, os colegas de docência, grandes responsáveis pela excelência do curso”, afirma.

Apesar de serem atividades relacionadas, cada uma delas demanda providências e tratamento específico. “A vantagem é a proximidade com todos os atores do processo. É importante estar atenta às dificuldades aventadas pelos alunos, professores e coordenadores. Minha experiência prática, aliada à proximidade com os gestores da instituição, me dá esse suporte”, acrescenta a coordenadora. 

NOVAS TECNOLOGIAS – Apesar de não lecionar nesse momento, devido às atividades de gestão, ela conta que o aprendizado das novas práticas surgidas em decorrência da necessidade de distanciamento social ensinaram a todos.

“Tivemos que nos adaptar a algo que reputo ser um caminho sem volta. Os novos tempos demandam utilização de tecnologia e novos paradigmas. Hoje, o professor não pode apenas repassar conteúdo. O novo formato da educação exige maior participação do aluno na construção do raciocínio, ou seja, há que se aprender à partir de situações concretas. O próprio modelo de gestão teve que se adaptar. Reuniões on-line são tão ou mais proveitosas do que as presenciais, com a vantagem de não exigir deslocamento com grande otimização do tempo. A legislação trabalhista segue na mesma esteira. Ainda que com algumas críticas a se considerar, o trabalho remoto, creio, veio para ficar”, pontua Renata.

Já em relação aos novos projetos, ela destaca que a inovação se faz necessária o tempo todo. “A sociedade pós pandemia não será a mesma, tampouco a educação. Assim, inevitável a inserção de meios tecnológicos, o que já estamos fazendo. Renovamos parcerias com os diversos convênios e estamos buscando outros. Também está em curso um projeto multidisciplinar que abarcará várias áreas da Instituição, inclusive o direito”, pontua.

O professor Ismael Forte Valentin, atual reitor interino da universidade, destaca que ao longo desses 50 anos, o curso preparou e graduou milhares de pessoas para a atuação nas mais diferentes áreas: advocacia, segurança pública, Ministério Público, na magistratura, além de áreas de gestão e administração .

CELEBRAÇÃO – Para celebrar os 50 anos do curso, tem início nessa terça-feira, 17, a 49ª Semana Jurídica do Curso de Direito - Comemorando o Cinquentenário – Direito e Pandemia”. Pela primeira vez, o tradicional evento da graduação será realizado no formato virtual, dentro dos protocolos de segurança e distanciamento social para evitar a propagação da Covid-19.

A abertura da Semana Jurídica terá culto em Ação de Graças, realizado pela equipe da Pastoral Universitária e transmitido ao vivo no canal da TV Unimep no Facebook: https://www.facebook.com/tvunimep.

Já as cinco palestras que compõem a programação do evento serão todas transmitidas ao vivo no perfil da Unimep no Instagram: www.instagram.com/unimep/
Confira a programação completa aqui: http://unimep.edu.br/noticias/curso-de-direito-do-campus-taquaral-promove-49a-semana-juridica

 

 

Texto: Assessoria de Comunicação Unimep
Foto: Edson Rossini 
Última atualização:
17/11/2020