Você está aqui: Página Inicial / Arquitetura e Urbanismo / Apresentação do Curso

Apresentação do Curso

por Danilo Sartorelli Barbato publicado 29/03/2016 18h46, última modificação 20/04/2016 14h35
Arquitetura e Urbanismo

O propósito da criação do Curso de Arquitetura e Urbanismo no antigo Centro de Ciências Humanas da UNIMEP era pensar o campo de formação teórica e de atuação do arquiteto e urbanista na sociedade, próximo dos debates e preocupações manifestadas através do conjunto das disciplinas da área das Ciências Humanas.Tal objetivo incrementou-se com a sua implementação em 1994, no Centro de Tecnologia do Campus de Santa Bárbara d’ Oeste, que veio amadurecer a construção da Política Acadêmica institucional, através da integração do ensino, da pesquisa e da extensão. Procurou-se assim aprofundar as relações de inserção regional da instituição, procurando a tecnologia da construção no projeto de arquitetura e urbanismo como significativo valor e ênfase do curso de graduação.A sua estrutura de ensino de AU visa a pesquisa e procura constante de conhecimentos para qualificar o seu corpo discente e docente:  a) na realização interdisciplinar das suas disciplinas, objetivando uma construção integrada nas habilidades e competências do profissional arquiteto e urbanista (enfatize-se que o Núcleo de Conhecimentos de Fundamentação se distribui nos primeiros 3 anos do Curso; o Núcleo de Conhecimentos Profissionais distribui-se nos 4 primeiros anos do Curso, articulados nos eixos horizontal das áreas de projeto e de urbanismo; e o Trabalho de Curso desenvolve-se no último ano do Curso, integrando-se com a realização do estágio curricular, das atividades complementares e de disciplinas optativas);  b) na procura da integração da teoria e da prática (enfatize-se a distribuição seqüencial e complementar das disciplinas do Núcleo de Conhecimentos de Fundamentação e do Núcleo dos Conhecimentos Profissionais nos quatro primeiros anos do Curso, articulados nos eixos horizontais das áreas de projeto e urbanismo);  c) no incentivo à pesquisa (enfatize-se o desenvolvimento linear das disciplinas do Núcleo de Conhecimentos Profissionais e a sua articulação com a realização do estágio curricular, das atividades complementares, das disciplinas optativas e das atividades do Escritório modelo, estrutura extensionista do Curso);  d) nos âmbitos complementares do ensino de graduação, de especialização ou de pós-graduação (enfatize-se a potencial inserção complementar de novas modalidades acadêmicas de Cursos, como contribuição nos âmbitos regionais e na capacitação e atualização profissional dos egressos);  e) na composição de atividades do curso, do estágio curricular e das atividades complementares (atividades regulamentadas, dispostas nos três últimos anos do Curso, com ênfase para o TFG desenvolvido no último ano).

Ainda a instituição poderá complementar a formação dos discentes e docentes através da realização de seminários, encontros, intercâmbios nacionais e internacionais, conferências, palestras, viagens acadêmicas e visitas técnicas, além dos seus programas de incentivo à pesquisa e à extensão.