Você está aqui: Página Inicial / Unimepiana fica em 1º lugar na categoria regional em prêmio de paisagismo

Unimepiana fica em 1º lugar na categoria regional em prêmio de paisagismo

por marsanta publicado 12/12/2017 10h55, última modificação 19/12/2017 14h10
Unimepiana fica em 1º lugar na categoria regional em prêmio de paisagismo

O projeto Recuperação e Requalificação de Área Degradada por Extração Mineral: Aglomeração Urbana de Piracicaba foi 1º lugar na região de São Paulo no 1º Prêmio Rosa Kliass de Paisagismo. O trabalho foi elaborado pela unimepiana de arquitetura e urbanismo Laís Nogueira, que concluiu o curso em 2016,  e orientado pela professora Ligia Duarte.  No trabalho Lais propôs transformar a pedreira do Morato, em Piracicaba, em um parque urbano.

O envolvimento da aluna em recuperação de áreas degradadas por extração mineral vem desde sua iniciação científica na Unimep. Na universidade, Laís conduziu pesquisa que, segundo a professora Ligia, relatou as cicatrizes que esse tipo de exploração deixava nas cidades. O próximo passo foi escolher uma área degradada e desenvolver um projeto de revitalização. "Estudei toda a teoria por trás das responsabilidades dos empreendimentos minerários, visando a recuperação ambiental. Esse tema está ganhando cada vez mais força e devemos estar preparados para enfrentar dificuldades desse tipo nos chamados vazios urbanos", conta Laís.

AVALIAÇÃO DO PROJETO

Para a comissão organizadora do prêmio o tema ao qual o trabalho remete é de grande relevância para o campo profissional de arquitetura paisagística no Brasil. A reversão da área objeto de estudo para um novo parque de lazer e esportes busca responder à demanda de passivos resultantes da exploração mineral.

De acordo com os organizadores do prêmio, o grau de desenvolvimento e aprofundamento da pesquisa e a coerência entre argumentação teórica e o projeto são de ótimo nível. A iniciativa apresenta ótimo partido arquitetônico paisagístico. Laís também conta que sua vitória reforça a ideia de encarar o paisagismo como uma ferramenta para solucionar problemas. Para a orientadora Ligia, a conquista da estudante traz os merecidos louros ao trabalho que propõe melhora na vida das pessoas e dos municípios.

O PRÊMIO

Organizado pela Associação Brasileira de Arquitetos Paisagistas (Abap), em parceira com o Conselho de Arquitetura e Urbanismo de São Paulo (CAU/SP), o prêmio é um concurso universitário nacional de paisagismo. Seu nome é em homenagem a arquiteta Rosa Kliass, considerada pioneira da arquitetura paisagística no Brasil. Além disso, a arquiteta é também fundadora da Abap.

Texto: Pedro Spadoni

Edição e coordenação: Celiana Perina

Fotos: acervo pessoal

Última atualização: 12.12.2017