Você está aqui: Página Inicial / Gestão de Recursos Humanos / Perfil do Egresso

Perfil do Egresso

por Danilo Sartorelli Barbato publicado 29/03/2016 18h46, última modificação 28/04/2016 14h43
Gestão de Recursos Humanos

O Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos busca formar profissionais para atuarem no planejamento, execução, gerenciamento e monitoração das principais políticas e práticas da área de Recursos Humanos.

As principais atividades realizadas pelo profissional compreendem a aplicação de técnicas de recrutamento e seleção; administração de cargos, salários e benefícios; treinamento e desenvolvimento; avaliação de desempenho; rotinas de pessoal e cálculos trabalhistas; programas de qualidade de vida no trabalho e motivação; gestão de carreiras; relações trabalhistas e sindicais; sistemas de informação de recursos humanos entre outros.

O profissional pode atuar em pequenas, médias e grandes empresas ou instituições dos mais diversos setores como comércio, indústria, serviços, governo ou organizações não governamentais. Existe também a possibilidade de atuação de forma autônoma pela prestação de serviços de apoio à gestão de pessoas.

O egresso do Curso deverá ser um profissional com um conjunto de competências, traduzidas em conhecimentos, habilidades e atitudes que o capacite a ter o domínio técnico e comportamental essenciais para o exercício profissional na área de gestão de pessoas com visão crítica, humanística e sistêmica pautado pela ética e responsabilidade social.

Nesse sentido, a seguir, explicita-se o conjunto de competências do perfil profissional pretendido pelo Curso:

Conhecimentos

  • Sobre a gestão do negócio, estratégia e cultura organizacional para situar e adaptar as práticas de gestão de pessoas ao contexto empresarial;
  • Dos processos e práticas de gestão de pessoas e instrumentos utilizados do ponto de vista técnico, legal e humano;
  • Das melhores práticas do mercado na área de gestão de pessoas para identificar suas características, tendências e analisar como elas impactam nos resultados do negócio;
  • Do conjunto de valores éticos e morais necessários para o exercício da profissão com responsabilidade social e cidadania.
     

Habilidades

  • Comunicação clara com todos os níveis organizacionais tanto internos quanto externos;
  • Ser capaz de negociar, mediar conflitos e lidar com a diversidade;
  • Compreender a cultura e gerenciar o clima organizacional;
  • Ser capaz de liderar pessoas e grupos e compreender as relações de poder;
  • Planejar e executar processos de recrutamento e seleção;
  • Desenvolver e aplicar programas de integração;
  • Desenvolver, aplicar e monitorar programas de avaliação de desempenho;
  • Desenvolver políticas de remuneração, benefícios e carreira;
  • Planejar, executar e monitorar programas de treinamento e desenvolvimento;
  • Monitorar programas de higiene, saúde e segurança do trabalho para identificar e propor políticas de qualidade de vida no trabalho;
  • Gerar indicadores de desempenho em gestão de recursos humanos para alimentar os sistemas de informações gerenciais;
  • Realizar os principais cálculos trabalhistas, compreender a legislação e organizar as documentações necessárias às rotinas de pessoal;
  • Desenvolver práticas de responsabilidade social empresarial e fazer o diagnóstico da realidade da empresa por meio de indicadores;
  • Saber interpretar a realidade organizacional e escolher estrategicamente o que é melhor para a organização em relação às práticas de gestão de pessoas.
     

Atitudes

  • Ter um olhar humanista para entender a causa dos comportamentos dentro da organização;
  • Estar aberto aos novos paradigmas, experimentar e testar novas práticas para solucionar os problemas de forma criativa e inovadora;
  • Buscar freqüente atualização sobre novos conhecimentos, práticas e tendências para responder rápido às mudanças e demandas de mercado;
  • Apresentar comportamento ético em suas relações com a empresa, com as pessoas e o meio-ambiente buscando preservar a integridade das partes envolvidas;
  • Buscar desenvolver a cidadania como patrimônio coletivo da sociedade;
  • Desenvolver o potencial empreendedor pelo estímulo à criatividade e inovação nas abordagens aos problemas organizacionais relacionados à gestão de pessoas.