Você está aqui: Página Inicial / Pastoral Universitária / Mensagem da Semana

Natal é Deus conosco!

por Thiago Garcia Tamosauskas publicado 10/10/2018 03h00, última modificação 07/12/2018 19h48

O Natal é tempo das maravilhas de Deus nas nossas vidas, de comunhão familiar, paz entre os homens de boa vontade, muita alegria e abundante esperança. Mas nem sempre as civilizações experimentaram o espírito natalino, a presença de Deus conosco. A partir do momento em que Adão e Eva esconderam sua vergonha no Jardim, a humanidade viajou através dos milênios com a pergunta: "Onde está Deus?"

Ao longo das dispensações, o ser humano vem reclamando a companhia do Senhor, sua santa presença nos eventos do existir. Queremos o Emanuel citado na Bíblia como o Filho de Deus, caminhando ao nosso lado, morando em nosso lar. De fato, para muitos de nós, que lutamos para ver o bem e o propósito de Deus em tempos difíceis, também podemos nos perguntar onde Deus está em meio a tantas crises e dilemas entre as nações e as pessoas.

O antigo povo judeu também contemplou profundamente a questão de onde Deus estava e o que Deus estava fazendo. Na época do nascimento de Jesus, as terras do povo judeu haviam sido conquistadas, repetidamente, durante séculos por impérios rivais que os cercavam por todos os lados.  Apenas décadas antes do nascimento de Cristo, o império mais temido de todos, os romanos, chegou do Ocidente, imprimindo mais ainda a ação dos conquistadores.

Foi um tempo de grande sofrimento, tumulto e devastação de suas terras, cultura e até mesmo seu Templo, com o povo judeu esperando e procurando um Messias, um novo tipo de rei para aliviá-los de seu tormento e estabelecer um incontrolável reino de governo e paz. Durante grande parte da turbulenta história que levou ao nascimento de Jesus, o povo judeu buscou a presença e o movimento de Deus, imaginando quando Deus revelaria esse tão aguardado Messias. 

É sabido biblicamente que o ministério de João Batista trouxe entusiasmo para a nação, como a antecipação do retorno da profecia e a proclamação de Deus ao povo. Então, quando Jesus chegou, não houve uma resposta sequer em toda a nação reconhecendo o Filho de Deus como o Messias, a tão reclamada e esperada presença do Senhor. Deus estava se movendo entre o seu povo amado, eles estavam cegos, não conseguiam perceber o sagrado em meio à humanidade.

Estava entre nós o humilde servo, curando, ensinando e amando, demonstrando compaixão tanto ao pecador quanto ao estrangeiro. Jesus não era o Messias da Cruzada, esperado para derrotar os romanos, e muitos continuaram a se perguntar: "Onde está Deus?" Cristo conduziu seu reino para eliminar a predominância do reino do pecado, para nos salvar e ainda assim, muitos ainda continuam a se indagar onde se encontra Deus.

A certeza do Natal é que Deus está aqui, o Filho de Deus veio, o Messias chegou, isso é o que o Natal representa. A questão é simplesmente se vamos vê-lo e reconhecê-lo por quem Ele é e o que Ele está fazendo na nossa vida.

Tenha uma semana feliz e um tempo de advento maravilhoso para você, sua família e todas e todos que trabalham ao seu lado. O Natal é Deus conosco, não esqueça que Jesus é o Senhor, Ele reine e governe seu coração tremendamente.

Reverendo Luiz Rodrigues Barbosa Neto – Pastoral Universitária