Você está aqui: Página Inicial / Pastoral Universitária / Mensagem da Semana / Mensagens Anteriores / Cristo Luz do Mundo

Cristo Luz do Mundo

por Angela Rodrigues publicado 29/10/2019 05h00, última modificação 29/11/2019 22h05

“Porquanto não há nada oculto que não venha a ser revelado, e nada escondido que não venha a ser conhecido e trazido à luz”. Marcos 8: 17.  

Quando vivemos com confiança na pessoa de Cristo e em Sua Palavra diariamente, podemos receber em nosso ser, a luz que dissipa e liberta o nosso coração do peso do pecado, e traz calma à nossa mente atribulada. Então podemos nos tornar um luzeiro neste mundo trevoso.

No início do crepúsculo, era comum uma luz ser acesa em todos os lares, não apenas na época de Jesus. Sobre um candelabro (um castiçal com vários braços); se colocava fogo, para que a luz pudesse adentrar a todo o ambiente rompendo com a escuridão, permitindo assim que todos os residentes daquela casa pudessem enxergar com clareza.

Somente à luz de Cristo possibilita que as pessoas e os povos possam encontrar n’Ele o Caminho, a Verdade e a Vida. Quando andamos na luz de Cristo, nossos olhos percebem com nitidez a vida, e não precisamos de outros raios de luz emanados do mundo (humanismo, feminismo, revolução sexual, relativismo, gênero, etc.) tudo isto desaparece. “Cristo é Tudo e está em todos nós”.  Colossenses 3:11.

Sem Cristo, o mundo permanece em trevas. Um discípulo de Cristo emana a luz de Jesus, extraindo força e graça capacitadora.

Quando buscamos em primeiro lugar o Reino de Deus e Sua justiça, estamos levando luz às pessoas que nos cercam. Testemunhando através das boas obras realizadas através de Cristo Jesus, feitas em amor, faz com que a presença real do Senhor seja perceptível para os nossos semelhantes. Revelamos o rosto de Jesus, que abre através da Sua luz a possibilidade de encontramos o manancial de vida.   

Precisamos muito mais do que simplesmente a aparência, para que brilhemos de maneira autêntica.

Quando negligenciamos nosso dever como cristãos, além de não podermos ajudar as pessoas a se aproximarem de Cristo, revelamos que estamos nos afastando de Deus e de Sua vontade. “Falando novamente ao povo, disse Jesus: “Eu sou a luz do mundo; aquele que me segue, não andará em trevas, mas terá a luz da vida.” João 8: 12.

Jesus investiu os primeiros trinta anos de Sua vida, vivendo com a sua família e mais tarde, trabalhando como carpinteiro. Porém, no momento de Deus, Ele começa a brilhar, e Sua luz foi sendo intensificada a cada momento, que nem a morte pode ofuscar.

Ele continua intensificando Sua Luz através de nossas vidas. Que não venhamos permitir que nada nos faça deixar de brilhar. 


Silvio de Oliveira 
Pastor e Psicanalista