Você está aqui: Página Inicial / Pastoral Universitária / Mensagem da Semana / Mensagens Anteriores / Deus de propósitos!

Deus de propósitos!

por Angela Rodrigues publicado 13/07/2017 05h00, última modificação 13/07/2018 17h58

Quando somos crianças as pessoas insistem em nos perguntar: “O que você quer ser quando crescer?” Esta é uma pergunta divertida para responder, e a respondemos com soltura e liberdade, sonhamos grande e quem nos ouve se diverte conosco. Quando ficamos um pouco mais velhos, essa questão se torna aterrorizante e, se não formos cuidadosos, sonhamos pequeno. 


É interessante perceber que nos indagamos o porquê nossos sonhos de crianças vão se tornando impossíveis, distantes de serem alcançados. Ao longo dos anos nos confrontamos com a realidade desses sonhos. Eles, com o passar dos tempos, vão se tornando muitas vezes mais distanciados de se realizarem em nossas vidas.

Vale ressaltar, que, o que queremos ser e o que queremos fazer com nossas vidas não é apenas brincar de sonhar, mas acolher os propósitos de Deus para nós. Agora, entrando na idade de juventude, os alvos pessoais tratam-se de opções de trabalho, constituição familiar, orgulho de alegrar nossos pais, bem como o rumo que vamos tomando no existir.

A verdade é que quando somos pequenos, podemos responder à questão do "crescer" e, se não ficarmos felizes com a nossa escolha, alguns minutos depois mudamos de ideia e nos esquivamos, continuando a inocência feliz. Quando temos famílias, trabalhamos ou estamos na faculdade, não podemos simplesmente mudar de ideia, não sem consequências.

A questão é: e se escolhermos errado? E, se, escolhermos a pessoa errada com quem vamos casar, ou a faculdade errada? Caso isso aconteça, não podemos simplesmente nos afastar dessas escolhas, teremos que pagar por elas, razão pela qual fazer essas grandes escolhas definidoras de vida podem ser assustadoras. 

Todos queremos que a vida seja segura, fácil e confortável, queremos sentir que tudo vai dar certo, mas às vezes nem você e eu podemos saber antecipadamente as consequências. Não podemos avançar na direção certa sem saber qual é essa direção, nem podemos simplesmente vagar pela vida e esperar o melhor. É preciso encontrar o caminho certo, descubra onde Deus quer que você vá e o que Ele quer que você faça. 

Se você ainda não sabe o que é esse caminho, siga a Jesus Cristo, pois às vezes não conseguimos respostas para as grandes questões que definem a vida quando as queremos. Cuide para não fazer suas próprias respostas. Em vez disso, concentre-se em ser obediente a Cristo nas pequenas escolhas diárias. Ele é o caminho certo e te ajudará em tudo que precisares, faça uma experiência e constate a veracidade.

Faz bem trabalhar o músculo da obediência nas pequenas coisas, isso abrirá seu coração para saber as respostas do Senhor nas grandes coisas. Afinal, Deus não tem apenas um plano para a sua vida toda, Ele tem um abençoado plano para o seu dia a dia. Saiba que trabalhar o plano diário ajudará você a descobrir o plano de toda a vida.

Com o tempo constatamos que crescer se tornou assustador, e a pressão e o peso de todas essas grandes escolhas definidoras de vida podem nos fazer sentir derrotados. Não deixe que o medo faça as escolhas por você, Deus é muito intencional e estratégico, Ele criou você com propósito. Ele quer que você descubra e viva para esse propósito, por isso, seja intencional em suas escolhas.

Se existem erros em suas escolhas até aqui, aprenda com os erros para que você não esteja fadado a repeti-los. 

Caminhe com Deus diariamente para que Ele possa liderar sua vida, crendo que é escolhido para viver coisas boas e impressionantes. 

Tenha uma semana excelente com o Senhor Jesus Cristo, não deixe que ninguém e, nem nada, tire você do propósito de Deus.

 

Reverendo Luiz Rodrigues Barbosa Neto – Pastoral Universitária